Página Inicial
Tratamentos
Tratamento substitutivo
Contato
Âmbito de Atividades
Links interessantes
Quem somos


Os pacientes com função renal terminal necessitam de terapia renal substitutiva, que pode ser feita com a hemodiálise, a diálise peritoneal (APD, CAPD) ou o transplante renal.

Para a realização de hemodiálise ou diálise peritoneal é necessário procurar um Centro de Diálise.  Recomendamos a busca pelo site da Sociedade Brasileira de Nefrologia www.sbn.org.br  - público geral - centros de diálise.

Para a realização de transplante renal com doador falecido, o paciente candidato a receptor tem que estar em diálise. A inscrição na fila única deve ser feita através de insttituição reconhecida como Centro de Transplante.

Para a realização de transplante com doador vivo são necessários os seguintes pré-requisitos: 

  • ser legalmente da família - Pais, Irmãos, cônjuges, Tios, Primos.
  • Ter compatibilidade sanguínea (igual a requerida para transfusão de sangue)
  • ser voluntário, completamente saudável. 

Os candidatos a doadores renais deverão submeter-se a exames específicos, para determinar se há possibilidade de realização do transplante renal, sem riscos para o doador. Os doadores renais devem ser acompanhados pela nefrologia, pelo menos, a cada doze meses. Atenção para os níveis de creatinina!